Vamos beber?

setembro 22, 2009

Vamos beber pra matar a fome. Vamos beber pra esquecer a dor, vamos nos fingir de doidos, vamos fazer filhos. Deus cria.

Se pegarmos um avião voarmos por 3 horas, aproximadamente, pegarmos um ônibus e viajarmos alguns kilômetros, chegaremos onde? No inferno; É a resposta.

Sim, o inferno está logo ali, no sertão nordestino. Quem viu o filme Garapa sabe o que estou dizendo.

Famílias destruídas, crianças inocentes morrendo aos poucos graças primeiramente aos pais irresponsáveis, mas essa irresponsabilidade não é algo racional, é algo muito além, é desorientação mesmo. Povo sem consciência.

Povo alienado. Nosso povo. Nós mesmos.

Hoje vi no Globo Rural uma matéria sobre as parteiras de Pernambuco, trabalho nobre, matéria muito bem feita. Porém, algo me incomodou e muito, ainda mais depois de recentemente ter visto o filme Garapa. As parteiras visitando suas pacientes, mulheres com 10,11, 12 filhos! Onde iremos parar?

Uma paciente tinha 14 anos e esperava seu primeiro filho.
Outra com 19 estava no terceiro.

Queria tanto entender a cabeça desse povo. É falta do que?

Meus pais são nordestinos, nascidos e criados no interior do Ceará! Vieram pra São Paulo jovens, tiveram 2 filhos. Perguntei aos dois, sobre essa situação, sobre a quantidade de filhos, eles não souberam responder, também não entendem como.

Será que alguém sabe?

Vamos beber pra tentar entender.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: